Experiência e Expertise:
É disso que sua empresa precisa na hora de se comunicar bem com o mercado.

  • Fornecimento de Conteúdo Editorial
  • Desenvolvimento de Projetos
  • Pesquisa de Mercado
  • Material Impresso
  • Campanhas Publicitárias
  • Criação de Identidade Visual

Anfir se reúne com BNDES no fim do mês

Associação dos fabricantes quer definição do governo sobre o crédito para a compra de implementos. Fenatran servirá de termômetro para o mercado de implementos de 2020 (foto: Mário Curcio)

Associação dos fabricantes quer definição do governo sobre o crédito para a compra de implementos. Fenatran servirá de termômetro para o mercado de implementos de 2020 (foto: Mário Curcio /AB)

Para tentar condições mais favoráveis ao comércio de equipamentos de transporte de carga, a Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir) terá uma reunião no fim do mês com o presidente do BNDES, Gustavo Montezano. A informação partiu do presidente da associação, Norberto Fabris, em entrevista coletiva durante a Fenatran, que ocorre de 14 a 18 de outubro no São Paulo Expo.

“Nosso pleito é entender como será a política daqui em diante, de fomentar ou não o transporte. Precisamos de uma luz, uma direção para poder trabalhar”, afirma Fabris.

O executivo admite que a prática de juros excessivamente baixos adotada no período pré-crise não foi correta, mas acredita que é preciso definir até onde o setor de transporte poderá contar com o crédito oferecido pelo governo.

SETOR CRESCE EM 2019 E 2020

Há dois meses a Anfir revisou para cima suas projeções e espera vender até o fim do ano entre 106 mil e 110 mil implementos, o que levará a um crescimento de pelo menos 18% sobre o ano passado.

“Em novembro teremos uma projeção para 2020; hoje não é possível uma estimativa precisa. Após o término da Fenatran teremos um horizonte mais definido”, diz Fabris. Ele acredita que o segmento pode crescer novamente no ano que puxado pelo segmento agrícola, construção civil e também por causa das vendas no varejo, que favorece os negócios com implementos leves, montados sobre chassi e usados em regra para distribuição urbana.

Fonte: Automotive Business

14/10/2019

 

 

Compartilhe...Email this to someoneShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this page