Experiência e Expertise:
É disso que sua empresa precisa na hora de se comunicar bem com o mercado.

  • Fornecimento de Conteúdo Editorial
  • Desenvolvimento de Projetos
  • Pesquisa de Mercado
  • Material Impresso
  • Campanhas Publicitárias
  • Criação de Identidade Visual

Financiamentos de veículos crescem 7,3% no acumulado do ano

De janeiro a agosto foram comprados 960,5 mil veículos a prazo; volume representa 53,5% do total vendido no período

De janeiro a agosto foram comprados 960,5 mil veículos a prazo; volume representa 53,5% do total vendido no período

O volume de veículos financiados entre janeiro e agosto ficou 7,3% maior do que o resultado dos financiamentos de mesmo período do ano passado. Segundo dados da B3 (antiga Cetip) divulgados na quarta-feira, 11, um total de 960,5 mil unidades foram compradas a prazo – o volume considera veículos leves (automóveis e comerciais leves) e comerciais pesados (caminhões e ônibus). Este volume representa 53,5% do total de veículos vendidos nos mesmos oito meses acumulados do ano, quando foram comprados pouco mais de 1,79 milhão de veículos novos.

Por segmento, o de leves registrou aumento de 5,2% no total de veículos financiados ao atingir 877,2 mil unidades. Há um ano, este volume era de 834,1 mil. Já nos pesados, os financiamentos acompanham o ritmo forte do mercado de comerciais, com volume 35,7% maior no comparativo anual, ao totalizar 83,3 mil unidades.

No setor de duas rodas, a B3 registra que foram financiadas 488,2 mil motocicletas de janeiro a agosto, aumento de 12,5% sobre resultado de iguais meses do ano passado.

Entre os usados, houve alta em todos os segmentos. Nos leves, o número de financiamentos superou os 3,1 milhões de unidades, alta de 8,6%. Os pesados usados que foram financiados somaram 95,7 mil, avanço de 11,9%, enquanto as motocicletas usadas aumentaram seu volume financiado em 20,4%, para 114,2 mil.

Fonte: Automotive Business

 

Compartilhe...Email this to someoneShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this page