Experiência e Expertise:
É disso que sua empresa precisa na hora de se comunicar bem com o mercado.

  • Fornecimento de Conteúdo Editorial
  • Desenvolvimento de Projetos
  • Pesquisa de Mercado
  • Material Impresso
  • Campanhas Publicitárias
  • Criação de Identidade Visual

Intermodal 2020: número de expositores é 15% maior

Uma das prioridades dos organizadores é incentivar o conhecimento das inovações tecnológicas logística e gestão da cadeia de suprimentos

Uma das prioridades dos organizadores é incentivar o conhecimento das inovações tecnológicas logística e gestão da cadeia de suprimentos

 

As últimas tendências das tecnologias aplicadas à logística e gestão da cadeia de suprimentos estarão na Intermodal South America 2020, que ocorre de 17 a 19 de março no São Paulo Expo, em São Paulo (SP). Em sua 26ª edição, o evento, maior ponto de encontro para estes setores na América Latina, reúne mais de 450 marcas expositoras, alta de quase 15% sobre a edição passada, e que representam 37 países. Os pavilhões estarão abertos à visitação das 13h às 21h. O São Paulo Expo está localizado na Rodovia dos Imigrantes, na Vila Água Funda.

Na comparação com a edição passada, um dos segmentos que agregou representatividade em 2020 é o de condomínios logísticos, com aumento de 62,5%. Em seguida, vem o de armadores, com 55%, e os terminais, com 28%. O setor de tecnologia, que envolve as soluções de tecnologia da informação, robótica e tudo relacionado com a automação intralogística e de processos, também ganhou expressão, avançando cerca de 26% dentre as empresas expositoras, seguido dos portos, com 25%.

Apesar dos recentes episódios, como o coronavírus, que impactam a economia mundial, as expectativas seguem otimistas. Na avaliação de Hermano do Amaral Pinto Jr., diretor do portfólio de infraestrutura da Informa Markets, organizadora do evento, os segmentos de infraestrutura, logística, transporte de cargas e comércio exterior, no geral, estão mais otimistas com o mercado brasileiro. “Há sinais de recuperação gradativa da economia. Adicionalmente, a atual gestão do Ministério de Infraestrutura contribui para a retomada de confiança dos players deste mercado e os incentiva a seguirem acreditando e investindo no Brasil”, afirma.

A edição deste ano segue a estratégia adotada em 2019, que resultou em mais dinamismo e qualidade à feira, tornando-a uma marca ainda mais ampla para os setores de infraestrutura e comércio exterior, com especial destaque para três segmentos, que visam abranger todos os elos da cadeia logística. Na área de intralogística, a feira abre espaço para inovações, tecnologias, lançamentos de produtos e serviços para gestão e movimentação de cargas dentro de armazéns, unidades fabris e centros de distribuição.

No que refere à tecnologia, reúne os principais desenvolvedores e fornecedores dessas soluções, como TI, telemática, segurança, e-commerce e softwares, e sistemas em geral. No âmbito do transporte recebe as principais companhias dos modais rodoviário, ferroviário, aquaviário e aéreo, além de empresas especializadas em serviços logísticos no geral.

Também haverá espaços dedicados às startups e áreas para acompanhar o que a robótica e a inteligência artificial vêm alterando a realidade na intralogística. Outro diferencial desta edição será a Arena TI Innovation, espaço dedicado, exclusivamente, para a apresentação de cases inovadores em automação de processos, uso da inteligência artificial e de outras tecnologias disruptivas nas várias fases da operação logística.

Expositores preparam novidades

Com o objetivo de prospectar negócios e parcerias, a Allog, especializada em logística internacional com matriz em Itajaí (SC) e filiais em São Paulo e Rio Grande do Sul, participará da feira pela primeira vez. A empresa apresentará seu portfólio de serviços nas áreas de projeto, transporte internacional de carga marítima e aérea, desembaraço aduaneiro e cargas líquidas. “Temos como objetivo o fortalecimento da marca no mercado”, argumenta a gerente de marketing da Allog, Luciana Adamis Oliveira.

A Imetame, com sede no município de Aracruz (ES), estará no evento para consolidar o network no segmento portuário, firmando parcerias e apresentando seu novo projeto. Com conceito multipropósito, a Imetame Logística Porto terá foco na movimentação de contêineres e cargas gerais, granéis sólidos, líquidos e gasosos e atenderá, também, a operações offshore. Toda a programação será eletrônica, desenhada para ser 100% automatizada, com serviços, retiradas e recebimentos online, área 100% alfandegada e apta para a próxima geração de navios do Brasil, como New Post Panamax e Suezmax. Com investimento na ordem de R$ 1,4 bilhão, a expectativa é que a unidade entre em operação em até três anos.

A companhia de navegação Posidonia, especializada no transporte de cabotagem e longo curso, retorna à feira e apresentará o navio multipropósito Posidonia Bravo, sua primeira embarcação construída com recursos próprios, e que chega para atuar em operações especiais de lavra e transporte de minerais no oceano. Tem capacidade para transportar 3 mil toneladas, sistema de descarte sustentável e bombas de dragagem com capacidade de 55 mil m3 diários.

A PagBem, considerada uma das principais empresas de gestão logística e financeira para operações de frete e pedágio rodoviário do País, apresenta o SuperApp, aplicativo exclusivo para os caminhoneiros que já possuem o cartão PagBem, lançado neste ano. Nele, o usuário encontra informações completas sobre fretes, serviços financeiros e recargas de celular. Em breve, também estará disponível uma funcionalidade chamada Soluções de Abastecimento para consulta de redes credenciadas. “O caminhoneiro poderá encontrar os postos com melhor nível de serviço, avaliar e fiscalizar preços”, adianta o CEO Gustavo Maniero.

Especializada na concepção de inovações em tecnologia da informação, a Startrade reserva a exposição de duas novidades. Uma delas é o LRM, software exclusivo para o gerenciamento de recursos logísticos no mercado de comércio exterior. A segunda, o Heroby, é uma solução dotada de sistema único de internet das coisas, desenvolvido especialmente para salvar vidas, “Com ele, equipamentos de segurança e sinalização, em áreas de grande movimentação de máquinas, passam a ser ainda mais eficientes na prevenção de acidentes e fatalidades”, explica o diretor de soluções em TI para o setor logístico da empresa, Luís Maurício Gardolinski.

Conferência tratará do futuro do transporte

Em parceria com a Associação Brasileira de Logística (Abralog) será realizada a 23ª Conferência Nacional de Logística. Com tema geral focado em otimização e performance, a atividade debaterá a transformação digital e a logística 4.0 na cadeia de suprimentos, a intralogística, a mobilidade urbana, a gestão de transportes terrestres, de aeroportos e de terminais privados e internacionais, o futuro e a tecnologia disruptiva. A programação deste ano terá mais de 60 palestras, divididas em 13 macrotemas.

No painel de abertura, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, apresentará as expectativas de investimentos do governo na área de infraestrutura e transportes. A manifestação é aguardada pelo mercado, uma vez que, recentemente, o ministro anunciou a intenção do governo de investir R$ 30 bilhões, obtidos por meio de concessões, para a ampliação da malha ferroviária do Brasil nos próximos cinco anos. A programação completa está disponível em http://intermodal.easyevent.com.br/grid/pt/17.

CORONAVÍRUS: AÇÕES INTERMODAL 2020

intermodal

 

 

Fonte: TranspoData

11/03/2020

Compartilhe...Email this to someoneShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this page