Experiência e Expertise:
É disso que sua empresa precisa na hora de se comunicar bem com o mercado.

  • Fornecimento de Conteúdo Editorial
  • Desenvolvimento de Projetos
  • Pesquisa de Mercado
  • Material Impresso
  • Campanhas Publicitárias
  • Criação de Identidade Visual

Marcopolo tem faturamento recorde de R$ 4,3 bilhões

Vendas domésticas foram decisivas para o crescimento dos negócios em 2019 Foto: Divulgação/Marcopolo/ Douglas de Souza Melo

Vendas domésticas foram decisivas para o crescimento dos negócios em 2019
Foto: Divulgação/Marcopolo/ Douglas de Souza Melo

 

Com crescimento de 17,6% nos negócios relativos ao mercado brasileiro, a Marcopolo obteve faturamento recorde de R$ 4,314 bilhões em 2019. O valor é 2,8% superior ao registrado no ano anterior, que foi de R$ 4,197 bilhões em 2018.

Da receita total da empresa sediada em Caxias do Sul, RS, mais da metade (52,2%) foi proveniente das vendas domésticas, que atingiram R$ 2,252 bilhões no ano passado, ante total de R$ 1,916 bilhão em 2018. O lucro líquido cresceu 11,1% e atingiu R$ 212 milhões.

A produção global consolidada atingiu 15.741 unidades, o que representou queda de 2,2% em relação às 16.103 do exercício anterior. No Brasil foram fabricados 13.330 chassis e os demais 2.411 foram produzidos em suas fábricas do exterior.

O CFO e diretor de relações com investidores da Marcopolo, José Antonio Valiati, destaca que apesar do desempenho crescente da empresa, o ano de 2019 foi marcado pela inconstância da demanda:

“O fornecimento para clientes do mercado brasileiro cresceu 2,9% (10.532 unidades), mas não compensou em volume a queda de 24,1% registrada nas exportações (2.881 unidades)”.

Internamente, o desempenho foi afetado pela menor demanda de ônibus rodoviários com maior valor agregado e também pela redução das entregas ao programa federal Caminho da Escola. Mas a fabricante do Sul manteve sua liderança de mercado, encerrando o ano com uma participação de 49,8%.

As exportações, por sua vez, caíram 25,4%, de R$ 1,360 bilhões em 2018 para R$ 1,015 bilhão no ano passado, em função principalmente das crises nos principais mercados sul-americanos e menores volumes vendidos para o continente africano.

Com relação a 2020, as perspectivas da Marcopolo são de crescimento, com projeção de aumento da demanda interna, recuperação das exportações e resultados melhores em praticamente todas as operações internacionais. Segundo a direção da empresa, a taxa básica de juros em seu menor nível histórico e a confirmação do esperado crescimento econômico, devem permitir o prosseguimento dos programas de renovação de frota em todos os segmentos do mercado brasileiro.

OPERAÇÕES EXTERNAS

Em suas operações no exterior, a maior fabricante de chassis de ônibus das Américas registrou expansão tanto em receita como em volume de produção. O faturamento foi de R$ 1,046 bilhão, com alta de 13,6% em relação aos R$ 921 milhões de 2018) e a produção chegou a 2.411 unidades, aumento de 12,4%.

As unidades do México, Superpolo (Colômbia) e Volgren (Austrália) foram os destaques positivos, com produção em alta. A operação australiana, mesmo com diminuição de volumes, conseguiu reverter a condição de prejuízo do ano anterior.

Fonte: AutoIndústria

28/02/2020

Compartilhe...Email this to someoneShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this page