Experiência e Expertise:
É disso que sua empresa precisa na hora de se comunicar bem com o mercado.

  • Fornecimento de Conteúdo Editorial
  • Desenvolvimento de Projetos
  • Pesquisa de Mercado
  • Material Impresso
  • Campanhas Publicitárias
  • Criação de Identidade Visual

Randon lança nova geração de carretas furgão e sider

Novos produtos ficaram mais leves e práticos para as operações de transporte rodoviário de carga

Novos produtos ficaram mais leves e práticos para as operações de transporte rodoviário de carga

 

Em transmissão ao vivo por suas redes sociais para clientes, a Randon lançou uma nova geração de carretas furgão e sider ao mercado transportador. Os projetos foram revistos com novos materiais e tecnologias que resultaram em produtos mais produtivos para o transporte carga. Em comparação às carretas anteriores, o modelo furão ficou 600 kg mais e o sider, 300 kg.

A emagrecimento se deu pelo retrabalho no chassi, assoalho e estrutura dos implementos. No caso furgão, seu processo produtivo também ajudou com a chamada tecnologia clinch. A técnica substituiu furos de rebites pela junção por conformação. Na prática, eliminou 5 mil furos do processo, garantindo também estanqueidade no compartimento de carga. O novo produto entrega capacidade para 25,5 toneladas de carga líquida, a maior do mercado, segundo a Randon.

Já para a empresa introduziu conveniências para abertura e fechamento das lonas com nova catraca de tensionamento, abreviando o processo para 40 segundos, além de aumentar o vão de entrada no compartimento em 65 milímetros, o que facilita o acesso de empilhadeiras.

Para os lançamentos, a Randon preparou campanha de venda até 10 de julho para as primeiras 400 unidades divididas entre furgão e sider. O comprador ganha a primeira troca das lonas de freio e bônus de R$ 1,5 mil para ser usado em peças, desconto no produto ou aquisição de opcionais.

Condições especiais também foram incorporadas no financiamento. Até 23 de julho, o transportador pode adquirir os novos produtos em planos de 60 meses, carência de seis meses para o primeiro pagamento e taxas a partir de 0,79%.

Fonte: AutoIndústria

24/06/2020

Compartilhe...Email this to someoneShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this page