Para conhecer nossos projetos editoriais, clique na capa da publicação.


Ano XXII
Julho 2017

Relatório
SIMEFRE 2017

Ano XXI
Novembro 2016
Edições Anteriores

Experiência e Expertise:
É disso que sua empresa precisa na hora de se comunicar bem com o mercado.

  • Fornecimento de Conteúdo Editorial
  • Desenvolvimento de Projetos
  • Pesquisa de Mercado
  • Material Impresso
  • Campanhas Publicitárias
  • Criação de Identidade Visual

Salão Duas Rodas: Honda Biz é renovada

Motores passam a ser produzidos também no Brasil. Sistema de frenagem CBS será item de série.

Motores passam a ser produzidos também no Brasil. Sistema de frenagem CBS será item de série

A Honda Biz renovada foi revelada nesta segunda-feira (13), no Salão Duas Rodas. As primeiras unidades chegam às lojas no mês que vem. A Biz 110 custará R$ 7.590 e a 125, R$ 9.390. Na linha atual, elas partem de R$ 7.390 e R$ 9.120, respectivamente.

Ambas as versões passam a contar com o sistema de frenagem CBS: até 2019, todas as motos novas vendidas no país deverão ter este recurso ou freios ABS.

CBS é sigla em inglês para “Combined Braking System” (sistema de freios combinados, em tradução livre). É mais barato e também diferente do ABS. Enquanto nos freios tradicionais existem acionadores independentes para frear a roda da frente (manete direito) e a traseira (pedal), o sistema combinado reparte a força de atuação entre os dois eixos.

A ideia do CBS é corrigir o mau hábito dos motociclistas de usar somente o freio traseiro, quando o ideal é acionar os dois, já que a maior parte do poder de frenagem de uma motocicleta está na dianteira. Com o sistema, a moto consegue parar antes.

O acionamento do freio combinado ocorre de maneira progressiva. É necessário pressionar o pedal com força, utilizando todo o seu curso, para entrar em ação a frenagem na roda dianteira. Com leves toques sobre o pedal, a força fica apenas na roda traseira.

A versão 125 também ganhou painel digital e tomada 12 volts na linha 2018.

A Biz é, atualmente, a terceira moto mais vendida do Brasil, somando as duas versões.

Fonte: G1

13/11/2017

Compartilhe...Email this to someoneShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this page