Experiência e Expertise:
É disso que sua empresa precisa na hora de se comunicar bem com o mercado.

  • Fornecimento de Conteúdo Editorial
  • Desenvolvimento de Projetos
  • Pesquisa de Mercado
  • Material Impresso
  • Campanhas Publicitárias
  • Criação de Identidade Visual

Sim, vamos falar de ERP!

Se antes a dúvida era sobre a escolha do novo modelo do carro que você iria trocar, agora o questionamento reflete a necessidade real de se ter ou não um veículo próprio. Vivemos novos tempos, em que somos transformados pelo uso da tecnologia. Diante de tantos aplicativos de serviços de transporte, aluguel ou compartilhamento de automóveis e possibilidades de veículos autônomos, a simples escolha de um modelo perde um pouco o sentido. O que queremos é nos mover de um lado para o outro, de preferência com mais facilidade e custos reduzidos.

Essa jornada de transformação digital transpassa todos os setores da sociedade e todos os segmentos de mercado. A evolução veio com a decisão das pessoas de se conectarem e compartilharem as informações. E as organizações começam a perceber que esse engajamento coletivo pode sim ser um novo modelo de negócio.

Para ajudar nessa caminhada, inúmeras tecnologias despontam todos os dias. Big Data, Inteligência Artificial, Internet das Coisas são algumas das mais faladas, testadas e usadas. Mas para que tudo isso faça sentido e funcione, precisamos sim falar de ERP (Enterprise Resource Planning), que, na verdade, é a base de todas essas novas tecnologias.

Os sistemas de gestão evoluíram, se transformaram em plataformas e devem garantir o compliance - das regras de negócios, fiscal e a segurança das informações. Ou seja, o software se tornou a espinha dorsal do mundo corporativo. Na próxima chamada de um táxi, na previsibilidade de comportamento de consumidores em grandes redes de varejo, na retenção de um aluno na universidade, entre outras infinitas ações possíveis com o uso da tecnologia, o ERP estará sempre presente, no núcleo de todos esses processos e incontáveis integrações de dados.

Portanto, diante de tanta evolução e novas tecnologias, precisamos sim continuar falando de ERP. Os sistemas de gestão estão mais vivos do que nunca e são o início da jornada digital que toda empresa deve percorrer para sobreviver neste novo contexto de mundo.

*Laércio Cosentino é fundador e CEO da TOTVS, maior empresa de soluções de negócio, plataforma e consultoria da América Latina, é formado em Engenharia Eletrotécnica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP). Sua carreira e história consolidaram-se no setor de TI, especialmente com a fundação da TOTVS em 1983. Desde então tornou-a líder absoluta no Brasil e presente em 39 países. Escreveu livros sobre linguagem de desenvolvimento de sistemas e sobre o mercado que atua.

Laercio

Hoje, Cosentino é um dos principais líderes do mercado brasileiro de software, ativo na defesa e fortalecimento da indústria de TI. Além de comandar a companhia, é presidente do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), presidente do Conselho Administrativo do Instituto Empreender Endeavor, presidente do conselho da Mendelics, dentre outras atividades.

Sobre a TOTVS

Provedora de soluções de negócios para empresas de todos os portes, atua com softwares de gestão, plataformas de produtividade e colaboração, hardware e consultoria, com liderança absoluta no mercado SMB na América Latina. Com aproximadamente 50% de marketshare no Brasil, ocupa a 20ª posição de marca mais valiosa do país no ranking da Interbrand. A TOTVS está presente em 41 países com uma receita líquida de mais de R$ 2 bilhões. No Brasil, conta com 15 filiais, 52 franquias, 5 mil canais de distribuição e 10 centros de desenvolvimento. No exterior, conta com mais 7 filiais e 5 centros de desenvolvimento (Estados Unidos, México, China e Taiwan). Para mais informações, acesse o website www.totvs.com.

Fonte: TOTVS

Compartilhe...Email this to someoneShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this page